Depois de ajudarmos o Haiti, é hora de voltarmos os olhos para o nosso quintal. São Paulo está em estado de calamidade, e a Diamond Brasil convoca a todos para ajudarmos os desabrigados do nosso país. Nós já fizemos a nossa doação, faça você também ou colabore com remédios e alimentos.

O site São Paulo Metrópole publicou:

Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a cidade de São Paulo não recebe tanta chuva em um mês de janeiro desde 1947, há 63 anos. Até a última quinta-feira (28), uma unidade de medição instalada na zona norte da capital já havia contabilizado 468 milímetros de água só neste mês. Em janeiro de 1947, quatro anos após o início do monitoramento na cidade, a unidade registrou 481 mm.

A Cruz Vermelha pede ajuda:

As chuvas intensas no Estado de São Paulo mataram, feriram e desabrigaram muitas pessoas. A Cruz Vermelha de São Paulo mobilizou seus voluntários para ajudar São Luís do Paraitinga e outras cidades dos vales dos rios Paraíba e Ribeira, além de creches atingidas na Vila Brasilândia, Zona Norte de São Paulo. Colabore: doe alimentos não perecíveis, água mineral, leite longa vida, material de higiene e limpeza ou faça uma doação em dinheiro.

Você pode fazer um depósito diretamente na conta da Cruz Vermelha:

Banco Itaú – 341
Agencia 6480
Conta corrente 06310-3

Ou veja como debitar a doação em seu cartão de crédito, clicando aqui.

Para entrar em contato com a Cruz Vermelha: (11) 5056-8665 ou voluntariado@cvbsp.org.br

******************************

O momento serve também para refletir sobre o nosso relacionamento com o nosso planeta. Na recente reunião em Copenhagem, pouca coisa foi decidida em prol do futuro de nossas crianças. Está na hora de parar de ter vergonha de pôr a mão na massa e de reclamar com quem se deve, obrigar nossos governantes a adotar políticas de preservação e darmos bons exemplos nós mesmos, a cada bituca de cigarro, a cada sacola plástica que descartamos apropriadamente.

Eduardo Varela

Anúncios