Receita Federal começará a testar sistema de tributação de remessas do exterior

12 setembro, 2014 at 2:47 pm Deixe um comentário

noticias_do_mercado8A Receita Federal e os Correios começarão a testar o sistema que visa automatizar a tributação de mercadorias adquiridas no exterior por meio da internet neste mês. Com o novo processo, a expectativa é que aconteça um aumento no número de remessas que terão cobrados os impostos devidos, segundo informa o jornal Folha de S.Paulo.

Através deste sistema, a Receita receberá mais informações sobre o produto antes mesmo que ele ingresse ao país. O grande motivo dessa mudança é justamente impedir a fuga de capital do Brasil, “encorajando” as pessoas a comprarem cada vez mais produtos no próprio mercado brasileiro ao invés de importá-los.

O crescente aumento no número de compras realizadas em sites no exterior, em especial os e-commerces da China que oferecem produtos a preços baixíssimos, foi um dos fatores fundamentais para a adoção desse novo processo.

A importação feita pela web permite que inúmeras mercadorias passem pelo escrutínio da alfândega, livrando-se dos impostos que deveriam ser taxados quando elas entram no país. O sistema atual funciona com amostragem, que verifica fatores como procedência, tamanho dos pacotes e destinatário e se o comprador mora em uma região nobre para a definição da cobrança dos impostos.

Em 2013, entraram no Brasil 20,8 milhões de pacotes, incluindo cartas, produtos e outros tipos de remessas. Esse número foi 44% maior do que no ano anterior. Antes da adesão do novo sistema, o Fisco aplicava o imposto com alíquota de 60% sobre o valor do produto quando ocorria a taxação.

Para que a Receita possa acompanhar o produto desde a sua compra, o governo espera contar com a colaboração das empresas, para que elas declarem o valor da venda e outras informações necessárias a respeito da compra.

Estarão isentas de imposto de importação as mercadorias abaixo de US$ 50 que são enviadas por pessoas físicas, além de produtos desonerados, como medicamentos com prescrição médica e livros.

A adoção do novo sistema, inclusive, demandou a instalação de depósitos de checagem em locais estratégicos em Miami e Hong Kong. Com eles, o objetivo é realizar a triagem inicial das mercadorias adquiridas a partir desses lugares. A expectativa do governo é que a partir de agora haja mais agilidade na entrega das mercadorias do exterior e que seja simplificado o processo como um todo para o consumidor.

Vale lembrar que recentemente os Correios passaram a cobrar uma “taxa de manutenção” de R$ 12 para cada mercadoria tributada. Ao que parece, pelas novas regras e com a adoção do novo sistema de automatização da tributação de mercadorias oriundas do exterior, não será tão barato assim continuar a comprar produtos de outros países.

 
Fonte: Canaltech

Entry filed under: Notícias de Mercado. Tags: .

VIII Workshop Empreender e Reciclar – Porto Alegre Feliz Dia do Cliente!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Bem vindo ao Blog da Diamond Brasil

Caro leitor, seja muito bem vindo ao blog da Diamond Brasil, empresa distribuidora de insumos para remanufatura de cartuchos de toner e tinta para impressoras laser monocromáticas e coloridas, impressoras jato de tinta e copiadoras. Neste blog você encontrará informações do mercado, novidades da Diamond Brasil, dicas de remanufatura e poderá interagir dando sugestões ou fazendo críticas.

Diamond Brasil no Twitter

Estatísticas

  • 309,389 visitantes

%d blogueiros gostam disto: