noti.png

Recordemos um pouco de história

Há muitos anos, a humanidade inventou computadores. Isto criou a necessidade de produzir impressões com o propósito de comunicar e arquivar. As primeiras impressoras estavam diretamente conectadas com cabos a gigantescos computadores centrais custosos e virtualmente ninguém, além de um administrador de sistemas, tinha acesso a qualquer um deles.

Com o correr dos anos se adicionaram o ordenador pessoal e a possibilidade da maioria dos trabalhadores de escritório de obter um próprio sistema informático em seu escritório.

Estes foram os “bons velhos tempos” para os fabricantes de impressoras, já que se criou um cenário de demanda de uma impressora por pessoa. No entanto, muitos usuários de computadores tiveram que colocar seus arquivos em disquetes e pedir emprestada uma impressora que estava conectada à um computador de outra pessoa para imprimir seus arquivos, ou caminhar até um centro de reprodução e impressões. Isto se conhece comumente como “rede em sapatilhas”(sneaker network), já que os usuários caminhavam dentro do escritório com disquetes, buscando compartilhar e imprimir arquivos.

Mais tarde, a rede de área local (LAN – Local Area Network) de computadores pessoais entrou em ação e os usuários puderam compartilhar tanto arquivos como impressoras e as “redes em sapatilhas” ficaram na história. No entanto, os primeiros trabalhadores móveis com seus novos “PCs portáteis” (que posteriormente se transformaram em computadores portáteis) entretanto se enfrentavam com o “não posso imprimir” quando estavam na rua tratando de fazer negócios.

Isto deu lugar a uma grande expansão dos “Business Centers” em hotéis e a negócios de serviços de impressão para empresas, oásis onde os trabalhadores móveis podiam buscar seus documentos impressos enquanto estavam fora de seus escritórios. Um pouco mais tarde, os hotéis de luxo ainda começaram a emprestar impressoras para uso nos quartos.

Um dos últimos passos na marcha da impressão móvel tal como hoje a conhecemos, veio por meio das redes sem fio. Houve várias revisões de redes sem fio antes que o pó se assentasse em 1997 com o padrão mais recente e duradouro: a rede de área local sem fio (WLAN) IEEE 802.11. Isto proporcionou a possibilidade de compartilhar arquivos e impressoras, assim como imprimir de forma sem fio às impressoras que estavam conectadas a uma LAN cabeada. A partir daí as impressoras começaram a incorporar rapidamente as capacidades sem fio Wi-Fi que lhes permitiam evitar a conexão LAN com cabo, pelo qual podiam se instalar em qualquer lugar da gama de roteadores Wi-Fi, ainda que, todavia, requeriam controladores de impressão proprietários instalados em um PC e estavam instalados de forma similar a uma impressora de rede cabeada.

Em essência, o resto é história até a aparição dos telefones inteligentes e os tablets sem fio que não tinham nem as portas físicas para se conectar a uma impressora nem um sistema operacional que admitia o uso dos controladores de impressão. Em outras palavras, não podiam imprimir na maioria das impressoras sem o uso de “aplicações” de impressora proprietárias e/ou através de uma configuração considerável em uma rede local. Isto tornou extremadamente difícil imprimir desde um dispositivo móvel quando um estava longe de sua casa ou escritório. Além disso, no mundo de impressão administrada, a segurança de impressão, a autorização e o seguimento eram praticamente inexistentes.

Em resposta à explosão de dispositivos móveis e ao potencial de uma diminuição de volumes de páginas impressas (e vendas de tinta e toner), os fabricantes de impressoras se esforçaram por simplificar e padronizar a impressão a partir de dispositivos móveis. Com o passar do tempo, surgiram métodos e padrões que permitiram a autorização e o seguimento da impressão.

Tipos de impressão móvel

Existem na atualidade dos tipos de impressão desde dispositivos móveis:

  1. Impressão móvel: imprimir de maneira sem fio a uma impressora local
  2. Impressão remota: imprimir de maneira sem fio a uma impressora de localização remota

Métodos de impressão móvel

  • Imprimir de forma sem fio em uma impressora local compatível com Apple AirPrint desde seu smartphone ou tablete móvel ou desde seu computador portátil / PC de escritório. Esta é a solução menos segura, já que é possível imprimir em quase qualquer impressora compatível com AirPrint sem seguimento nem autorização.

 

  • Imprimir de forma sem fio em uma impressora local habilitada para Google Cloud Print desde seu smartphone ou tablete móvel ou desde seu computador portátil / PC de escritório. Este método é um pouco mais seguro que AirPrint, já que a impressora deve se ativar a partir da conta Google de um usuário.
  • Imprimir de forma sem fio a uma impressora de rede local ou remota desde seu smartphone ou tablet móvel utilizando uma aplicação móvel proprietária. Uma vez mais, este método é algo inseguro já que os usuários podem imprimir em impressoras não seguras utilizando a função de “descoberta de impressora” (Printer Discovery) da aplicação. No entanto, muitas aplicações proprietárias avançadas dos fornecedores de impressoras de escritório proporcionaram autorização de impressão e seguimento.
  • Impressão sem fio desde seu computador portátil / PC de escritório a uma impressora local ou remota instalada em uma LAN ou WAN (Wide Area Network) utilizando as habilidades de TI e o sistema tradicional de controle de impressão. Este método é seguro já que o seguimento de impressão, a autorização e as regras estão disponíveis.

Impressão remota

Na impressão remota, você não se encontra no mesmo local nem conectado à mesma rede que a impressora. Além disso, a impressora de destino deve estar instalada em uma LAN / WLAN e possuir uma conexão a Internet. Ainda que a impressora se pode programar para incluir e excluir endereços de remetente de correio eletrônico, o correio eletrônico com o arquivo de impressão sem cifrar pode ser sequestrado em numerosos pontos ao longo do caminho. Por outra parte, há uma maior possibilidade de contratempos com os tipos de meios impressos e o tamanho.

  • Impressão sem fio a uma impressora remota mediante uma aplicação móvel proprietária em seu smartphone ou tablet, ou mediante um serviço instalado em seu computador portátil / PC de escritório.
  • Imprimir de forma sem fio a uma impressora remota conectada à Internet desde seu smartphone, tablet ou computador de escritório / portátil, juntando um documento a um correio eletrônico e enviando-o ao endereço de correio eletrônico da impressora (como HP ePrint e Epson Connect).
  • Imprimir de forma sem fio a uma impressora remota compatível com Google Cloud Print desde seu smartphone ou tablet móvel ou desde seu computador portátil / PC de escritório.

Impressão Wi-Fi Direct

A impressão Wi-Fi Direct funciona mediante o envio sem fio de dados de impressão diretamente à impressora e elimina a necessidade de uma conexão de rede em conjunto. No entanto, é algo difícil de configurar em ambos extremos (o dispositivo móvel e a impressora). Dado que pode ser protegido por um PIN e ao não precisar uma conexão de rede, a impressão direta Wi-Fi é um dos métodos mais seguros de impressão móvel.

NFC (Near Field Communication) Tap-to-Print

Com NFC Tap-to-Print (Toque-para-Imprimir), o usuário envia um trabalho de impressão desde um dispositivo móvel habilitado para NFC a uma impressora habilitada para NFC e, em seguida, move seu dispositivo móvel perto da impressora habilitada para NFC. Em seguida, se estabelece o canal de comunicação direta Bluetooth ou WiFi e se inicia a comunicação do trabalho de impressão.

Como o Wi-Fi Direct, elimina a necessidade de conexões de rede e também é mais complexo de implementar que a maioria das outras soluções de impressão móvel. Por outro lado, NFC Tap-to-Print oferece uma alternativa de segurança simples e eficaz: o usuário deve estar muito próximo da impressora habilitada para NFC e/ou tocar a impressora com seu dispositivo móvel. Qualquer software de registro de trabalhos de impressão incorporado registrará detalhes no dispositivo móvel que enviou o trabalho, o qual será suficiente para identificar sua origem e a capacidade de administrá-los, rastreá-los ou carrega-los de novo ao usuário.

Compatibilidade da impressora móvel

Quase qualquer impressora pode suportar a impressão móvel e há várias formas de suporte. Em geral, quanto mais nova seja a impressora e mais padrões de impressão móvel suporte de forma nativa (como AirPrint, Google Cloud Print, HP ePrint e Impressão direta Wi-Fi), mais fácil será de implementar.

USB herdado ou Porta Paralela de impressora

 

  • Instalar uma atualização de conexão de rede opcional ou um adaptador wifi USB na porta paralela da impressora. Em seguida, pode utilizar a maioria dos serviços de impressão móvel descritos anteriormente. Também pode utilizar soluções de hardware como o servidor de impressão Lantronix de fácil administração.
  • Utilizar Google Cloud Print Classic. Isto funciona com uma impressora que está conectada diretamente a qualquer PC em funcionamento que esteja conectada à Internet e que execute Google Chrome.

Impressora de rede cabeada

 Instale a impressora de rede com cabo em uma WLAN e, em seguida, pode utilizar a maioria dos serviços de impressão móvel descritos anteriormente.

Impressora de rede sem fio

 

  • Instale a impressora de rede sem fio em uma LAN ou WLAN e, em seguida, pode utilizar a maioria dos serviços de impressão móveis descritos anteriormente.
  • Se a impressora possui a capacidade, utilize Wi-Fi Direct ou NFC Tap-to-Print. Não se requer uma conexão LAN / WLAN.

Ranking de soluções móveis de impressora

  1. Impressora compatível com AirPrint
  2. Impressora compatível com Google Cloud Print
  3. Impressora remota com capacidade eMail
  4. Impressora habilitada com a função NFC Tap-to-Print
  5. Impressora habilitada para impressão Wi-Fi Direct
  6. Impressora conectada a WLAN Wi-Fi
  7. Impressora conectada com cabo WLAN
  8. Impressora conectada a LAN com cabo

Ranking de segurança de soluções de impressão móveis

  1. Impressora conectada a LAN com cabo
  2. Impressora conectada com cabo a WLAN
  3. Impressora conectada a WLAN Wi-Fi
  4. Impressora habilitada com a função NFC Tap-to-Print
  5. Impressora habilitada para impressão Wi-Fi Direct
  6. Impressora compatível com Google Cloud Print
  7. Impressora compatível com correio eletrônico remoto
  8. Impressora compatível com AirPrint

Ranking Facilidade de manuseio das soluções em impressoras móveis

  1. Impressora conectada a LAN com cabo
  2. Impressora conectada com cabo a WLAN
  3. Impressora conectada a WLAN Wi-Fi
  4. Impressora habilitada com a função NFC Tap-to-Print
  5. Impressora compatível com Google Cloud Print
  6. Impressora compatível com correio eletrônico remoto
  7. Impressora compatível com impressão Wi-Fi Direct
  8. Impressora compatível com AirPrint

Resumo

Por sorte, as impressoras atuais de baixo custo, as Tudo-Em-Um e as multifuncionais, como a HP Officejet Pro 8720, normalmente cobrem todas as bases quando se trata de impressão móvel. A chave para o usuário ou a empresa é identificar que método de impressão móvel é melhor para eles, baseado em seu custo de propriedade, conveniência, capacidade de administração e necessidades de segurança.

Fonte: blogdoreciclador

Anúncios